Exames Para Diagnosticar Autismo: Quais São as Opções?

Tempo de leitura: 3 minutos

O autismo é um transtorno de desenvolvimento caracterizado por alterações no neurodesenvolvimento e é, geralmente, identificado na primeira infância. Os sinais do autismo aparecem logo nos primeiros meses de vida do bebê e afetam a comunicação, aprendizado e interação do indivíduo. 

De acordo com a Organização das Nações Unidas, cerca de 70 milhões de pessoas no mundo e 2 milhões de pessoas no Brasil possuem tal transtorno.

Para entender mais sobre tal condição e quais são os exames para diagnosticar o autismo, confira o material preparado pelo DB.

TEA – Transtorno do Espectro do Autismo

A condição, popularmente conhecida como autismo, possui, na realidade, 4 tipos diferentes de apresentação:

  • Transtorno Autista;
  • Transtorno Desintegrativo da Infância;
  • Transtorno Generalizado do Desenvolvimento Não-Especificado;
  • Síndrome de Asperger. 

A junção dos quatro tipos de apresentação do problema é classificada como Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

Em todos os casos existem deficiências neurais que prejudicam o aprendizado, a coordenação motora e a capacidade de atenção. Entretanto, o que diferencia as quatro condições é a intensidade em que cada aspecto será afetado.

Causas do autismo

Os fatores que causam os Transtornos do Autismo não são claros, mas estudos científicos identificaram predisposições genéticas como a principal razão do TEA.

A genética, no entanto, não é a única causa. Fatores ambientais (poluição, por exemplo) ou infecções e complicações ocorridas na gravidez também podem ser causas do distúrbio.

Sintomas

Os primeiros sintomas do TEA aparecem logo nos primeiros meses de vida. É muito comum em bebês que possuem o distúrbio apresentar falta de contato visual com as mães durante a amamentação, além de choro frequente e apatia.

Crianças que possuem distúrbios da TEA apresentam, ainda, movimentos repetitivos, ansiedade, dificuldade em atender a chamados e até agressividade.

Geralmente, há uma constante dificuldade em interações sociais que vão do simples contato visual ao controle de emoções e dificuldade em interagir com outras crianças e adultos. 

Há, também, grande dificuldade em se comunicar e um alto número de alterações de comportamento, como manias, interesse dirigido a poucas coisas, pouca capacidade de imaginação, necessidade intensa de rotinas etc. 

Diagnóstico de autismo

O diagnóstico de autismo em casos de TEA é feito, principalmente, por meio do histórico do paciente e a partir da observação comportamental

Tal condição não pode ser identificada em exames de imagem ou sangue, por isso é muito importante observar o comportamento da criança ou adulto e coletar informações dadas pelos pais, cuidadores e/ou educadores.

A ciência, entretanto, cada dia mais evolui seus estudos e buscas para que tenhamos mais exames para diagnosticar o autismo. 

Isso porque o diagnóstico precoce é essencial para a melhora na qualidade de vida do portador de TEA.

Abril Azul e o Dia Mundial do Autismo

O mês de abril é o mais importante mês para a conscientização, esclarecimentos e combate ao preconceito contra o autismo. 

Em 2007, foi proposta a criação da campanha Abril Azul e, desde então, podemos discutir e ajudar a ampliar conhecimentos acerca do autismo. 

Além do Abril Azul, foi instituído pela ONU o “Dia Mundial de Conscientização do Autismo”, celebrado todo o dia 2 de Abril. 

Dessa forma, durante todo o mês de abril é possível — e necessário — educar e alertar a população sobre os aspectos do Autismo, desmitificando a condição e quebrando preconceitos. 

É sempre bom lembrar que essa condição não afeta o desenvolvimento físico das pessoas que a possuem. E, apesar de não haver cura, um tratamento multidisciplinar é fundamental para a melhora na qualidade de vida do portador do autismo.

Aprendeu mais sobre o autismo? Então, compartilhe conosco seus comentários e dúvidas e leve esse assunto para outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *